sábado, 22 de março de 2008

Espaço e Tempo

“Vários autores têm sublinhado que espaço e tempo são noções relativas, que não existem em termos absolutos, sendo apenas uma questão de perspectiva; à medida que modificamos a nossa perspectiva, experimentamos a realidade de formas diferentes.

“Tal como se olha para uma pedra aos nossos pés e se vê a pedra, nesse preciso momento e nesse lugar, inteira, completa e perfeita. Mas, mesmo na fração de momento em que a pedra se mantém na nossa percepção, passam-se muitas coisas nela – um movimento incrível, a uma velocidade incrível, das partículas (átomos, prótons, nêutrons e partículas subatômicas) dessa pedra. E que fazem essas partículas? Fazem da pedra o que ela é.

“Ao olharmos para essa pedra, não vemos este processo. Mesmo que, conceptualmente, estejamos conscientes dele, para nós está tudo a acontecer “agora”. A pedra não se está a tornar uma pedra; é uma pedra, aqui e agora mesmo.

(...)

“Assim sendo, os fenômenos “espaço” e “tempo” são funções da perspectiva. Se resolvermos assumir uma perspectiva diferente poderemos deixar de ver a micro-realidade para passar a ver a macro-realidade. Ou vice-versa. Ou poderemos passar a perspectivar em simultâneo a micro e a macro-realidade.

“O “espaço” e “tempo” serão, então, perspectivas; não existem nem deixam de existir. À medida que cada ser vai modificando a sua perspectiva, vai experimentando a realidade de uma forma diferente. Provavelmente cada vez mais abrangente. Provavelmente cada vez mais próxima do Todo, desde o infinitamente pequeno até o infinitamente grande”.

- PORTELA, Luís. Encarar a realidade. Porto, Asa, 2004, págs. 21 e 22.

(o autor é médico, escritor e jornalista português).

Um comentário:

Aparelho DVD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If ossible gives a last there on my blog, it is about the Aparelho de DVD, I hope you enjoy. The address is http://aparelho-dvd.blogspot.com. A hug.