sábado, 3 de janeiro de 2015

Namo Amida Butsu !



Amida é o Buda Eterno


Ontem, no RioSul, um grupo de amigos comemoramos o aniversário do nosso bom amigo Rogel Samuel: professor, escritor, jornalista, poeta, cronista, romancista e... budista...

Professor consagrado e aposentado da Faculdade de Letras da UFRJ, Rogel nos disse que a editora Vozes acaba de lançar a segunda reimpressão, da sexta edição de seu livro “Novo Manual de Teoria Literária”.

Então eu lembrei que em 2001 eu estava no semi árido potiguar, com os amigos da Fale – Faculdade de Letras da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN em um campus avançado na bonita e hospitaleira cidade de Açu. A reitoria fica na própera e acolhedora cidade de Mossoró.

Professores e alunos, conversamos algumas vezes e em diferentes locais sobre a obra literária do amazonense Rogel, cidadão do mundo, mas radicado no RJ.

Praticante da linhagem Sákya do Budismo Tibetano, Samuel informou que em setembro virá ao Rio um grande Lama, que oportunamente ele escreverá maiores detalhes em seus blogs.

O título deste registro é que uma das senhoras presentes vez por outra citava o Buda Amida, até que lembrei do maravilhoso mantra: “Namu Amida Butsu = Eu me refugio em Amida, o Buda Eterno”. Declarei então que vejo o Buda Amida como a Energia Criadora do Universo que, no Ocidente, nós chamamos de Deus (com todo o respeito aos que discordam).

Logo, que Amida, em japonês; e Amitabha, em sânscrito nos abençoe e guarde em 2015 e nos anos subseqüentes até chegarmos ao lado Dele no Nibbana, em língua pali, Nirvana em português.

Um comentário:

ROGEL SAMUEL disse...

OBRIGADO PELA PRESENÇA, FELIZ ANO NOVO